sexta-feira, 13 de setembro de 2019



Buscando entender o sentido da devoção da criança nos primeiros setênios de vida, a oficina de Bebês Waldorf se torna um pretexto do fazer, ao implicar o sentir, tanto naquele que o faz, quanto naquele que brinca.

A devoção do gesto, do fazer e do brincar.

Um encontro com:

a) Janise Paiva, professora Waldorf, Fonoaudióloga, Conselheira em Educação, Terapeuta Familiar Sistêmica.

b) Mariana Monteiro, Pedagoga, Professora Waldorf, Artesã.

O Núcleo de Aprofundamento Antroposofico, recebe e espera você no dia 21 de setembro às 8:00h para a construção dessa percepção de devoção e gratidão dentro da criança nessa primeira fase da sua vida.

Traga a sua criança interior para dar colo e ser cuidada.

Investimento Fraterno:
R$ 250,00 (Cobre as despesas. Apoia um novo encontro);
R$ 200,00 (Cobre as despesas);
R$ 170,00 (Inscrição social apoiada).

No Jardim Alecrim Recife. Rua Jacó Velosino, 101 Casa Forte
Fone (81) 3071-4247


#escolaswaldorf #ewaquarela #escolawaldorfrecife #ewrturmalina #EscolaWaldorfRuralTurmalina #vilaverdeturmalina #jardimcurumim #jardimcasulo #jardiminfanciacasulo #jardimmaturi 

sexta-feira, 5 de julho de 2019


Quando os dias ficam mais curtos e as noites tem uma brisa fria, quando os animais resolvem descansar e a terra fica mais silenciosa, é chegado o inverno!

Pensando nas rotinas das famílias, o Jardim Alecrim decidiu fazer a sua colônia de férias de inverno!

sexta-feira, 21 de junho de 2019


Está chegando a nossa linda Festa de São João e São Pedro!

Com brincadeiras, comidinhas deliciosas, forró, quadrilha, fogueira e muita animação!

Convide os amigos, os vizinhos, a família, e venha celebrar conosco e levem as crianças!

Dia 28 de junho, a partir das 18:00h, tem o Arraial do Jardim Alecrim, com fogueira, quadrilha e muita brincadeira!

O ingresso custa R$ 10 e já está à venda na escola e com as famílias da escola.

Programação Festa de São João e São Pedro do Jardim Alecrim -2019

18:30h - abertura, boas vindas, leitura do verso.

18:45h - roda com as crianças do Jardim

19:00h - procissão de São João. Acender a fogueira

19:45h – Casamento Matuto

20:30h - Quadrilha

21:00h - sorteio das rifas

21:30h - encerramento com a leitura do verso

Este ano teremos a Banda Reluzir alegrando nossa festa.

LEVE SUA CANECA!!!!!

Liguem 3071-4247

terça-feira, 23 de abril de 2019

100 anos de Pedagogia Waldorf



Rudolf Steiner após o final da primeira guerra mundial lançou as bases da trimembração do organismo social para a restruturação de uma Europa devastada. Sem muita repercussão na sociedade e classe política da época ele concluiu que o caminho seria educar as crianças de forma diferente. A partir de um interesse de Emil Molt em levar conhecimento aos seus funcionários, Rudolf Steiner fez uma série de palestras a eles. E não demorou muito para que surgisse a pergunta formulada novamente por Emil Molt de como poderia educar os filhos dos funcionários. Rudolf Steiner entusiasmado com a pergunta lançou as bases para uma nova pedagogia, e Emil Molt a primeira escola para aplicá-la.

Em 7 de setembro de 1919 é fundada a primeira “Escola Waldorf Livre” em Stuttgart, o nome Waldorf já era conhecido como uma localidade alemã (grafada como Walldorf – com um “l” a mais) e como o império econômico Waldorf-Astori iniciado por Johann Jakob Astor. Emil Molt comprou os direitos comerciais do nome para fundar uma fábrica de tabaco em Stuttgart.

Aos poucos as escolas foram se multiplicando por cidades da Europa e América do Norte até atingirem os 5 continentes. Dados do Freunde der Erziehungskunst Rudolf Steiners (amigos da pedagogia de Rudolf Steiner) de 2016 mostram que são 1080 escolas Waldorf no mundo além de cerca de 2000 jardins de infância. Eles são um organismo espiritual, social e economicamente independente, mas tem o ponto em comum de aplicar uma educação para a liberdade que somente a pedagogia Waldorf consegue levar com tanta abrangência no que se refere a uma postura de vida que se olda às questões sociais, econômicas e culturais de cada lugar onde germina. Tantos centros educacionais e quase 100 anos de existência fizeram do nome Waldorf uma referência na área de educação.

No Brasil a primeira escola foi fundada em 1956 com o nome de Escola Higienópolis, hoje Escola Waldorf Rudolf Steiner e da mesma forma é um movimento que não para de crescer. Atualmente são mais de 70 escolas e jardins um número crescente de novas iniciativas que se espalham por todas as regiões brasileiras.

Assista um vídeo comemorativo dos 100 anos da Pedagogia Waldorf no link: https://youtu.be/OpBuFU4k5nQ

quinta-feira, 4 de abril de 2019



Matrículas Abertas Novos Alunos 2019!

O filósofo Rudolf Steiner, criador da Pedagogia Waldorf, sintetizou em uma pequena frase a missão que inspira nosso Jardim: “A nossa mais elevada tarefa deve ser a de formar seres humanos livres que sejam capazes de, por si mesmos, encontrar propósito e direção para suas vidas."

Com essa missão, o Jardim Alecrim informa que as matrículas estão abertas para novos alunos (06 meses a 6 anos)! Venha conhecer nosso espaço e conversar com nossas professoras sobre a pedagogia Waldorf. Você entenderá porque ela é apontada pela UNESCO como sendo a pedagogia capaz de responder aos desafios educacionais, principalmente nas áreas de grandes diferenças culturais.

Ficamos aguardando seu contato por e-mail contato@jardimalecrim.com, telefone (81) 3071-4247 ou WhatsApp (81) 98230-9905 para agendar sua visita.

Acesse pelo link a ficha de inscrição:


#jardimalecrimrecife #pedagogiawaldorf #matriculasabertas #waldorf #recifewaldorf #antroposofia #jardimalecrimrecifewaldorf #jardimwaldorf #ninhowaldorf #waldorfninho #waldorfjardim #waldorfjardimalecrimrecife

terça-feira, 26 de fevereiro de 2019



Olá!!!

Recife já está em festa e em contagem regressiva para o Carnaval 2019! E é com muita alegria que o nosso Jardim Alecrim Recife convida todos vocês para o nosso Bloco Infantil de Carnaval "Mamãe Tá Aqui"!

Viemos lembrar a vocês que nosso bloquinho de Carnaval, “Mamãe Tá Aqui”, já é nesta quinta-feira! Com a concentração no Jardim Alecrim as 15:30 h, com a saída programada as 16:00 h até a praça de Casa Forte!

Traga seus amigos, sua família e venha brincar conosco. Estaremos esperando!



quarta-feira, 12 de dezembro de 2018




O tempo é circular.

Cada final tem um novo começo. 🌿

Aproveitando a energia solar do final do ano, gostaríamos de compartilhar com vocês mais uma novidade para o início do segundo setênio do Jardim Alecrim: contaremos com o apoio e a dedicação da nutricionista Gabriela Campos.

Gabriela é uma mãe Alecrim, entusiasta da pedagogia Waldorf e da Antroposofia, adora crianças e tem experiência em nutrição na primeira infância e introdução alimentar participativa. Virá trabalhar conosco com o propósito de fortalecer os nossos valores e compromissos com a alimentação saudável e verdadeira, baseada nos conceitos da Antroposofia e adequada para cada idade dos nossos pequenos. Alguns de vocês já podem ter conversado com ela na feira orgânica da escola ou cuidando da nossa hortinha!

Seja bem-vinda, Gabriela!

quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Matriculas para o ano de 2019!!!!




Matrículas Abertas Novos Alunos 2019!

O filósofo Rudolf Steiner, criador da Pedagogia Waldorf, sintetizou em uma pequena frase a missão que inspira nosso Jardim: “A nossa mais elevada tarefa deve ser a de formar seres humanos livres que sejam capazes de, por si mesmos, encontrar propósito e direção para suas vidas."

Com essa missão, o Jardim Alecrim informa que as matrículas estão abertas para novos alunos (06 meses a 6 anos)! Venha conhecer nosso espaço e conversar com nossas professoras sobre a pedagogia Waldorf. Você entenderá porque ela é apontada pela UNESCO como sendo a pedagogia capaz de responder aos desafios educacionais, principalmente nas áreas de grandes diferenças culturais.

Ficamos aguardando seu contato por e-mail contato@jardimalecrim.com, telefone (81) 3071-4247 ou WhatsApp (81) 98230-9905 para agendar sua visita.

Acesse pelo link a ficha de inscrição:


#jardimalecrimrecife #pedagogiawaldorf #matriculasabertas #waldorf #recifewaldorf #antroposofia #jardimalecrimrecifewaldorf #jardimwaldorf #ninhowaldorf #waldorfninho waldorfjardim 

Aniversário de 07 anos do Jardim Alecrim Recife!!

O Nosso Alecrim
(Marta, vó do Thato)

Pequeno raminho
Aroma abrangente
Nasceu e acolheu
Os pingos da gente

Arbusto cheiroso
Alegrando a alma
Pra nossa família
Trazendo a calma

Alecrim em flor
Lugar tão seguro
Passado e presente
Presente e futuro

Ciranda de amor
Abraços fraternos
Família Alecrim
Faz laços eternos

Aroma tão fresco
Perfuma o jardim
Sete anos de vida
Parabéns, Alecrim!

Recife, 30/08/2018

Com os ventos de agosto de 2011, recebemos as primeiras sementes de Alecrim!

Sementes fortes, que caíram em terreno fértil. Durante 7 anos de muito cuidado e amor, das sementes desabrocharam flores que só aumentam e cativam nosso espaço repleto de alegria.

Convidamos vocês para participar da nossa comemoração aos 7 anos do Jardim Alecrim Recife, e plantar conosco, ainda mais sementes!

Dia 30 de Agosto, as 18:00 horas no Jardim Alecrim.

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Matricula 2018.1 ninho

Em 2017 nasceu uma novo proposta no Recife: O primeiro berçário Antroposófico da cidade. Uma iniciativa do Jardim Alecrim situado no bairro de Casa Forte.



Para o ano de 2018 os nossos bebês do "Ninho" apresentaram seus primeiros saltos, o que nos leva a montar mais uma sala, desta vez com crianças a partir de 6 meses de idade.



O Jardim Alecrim receberá você e sua família com grande alegria!


Ligue e marque sua visita, 3071-4247


#jardimalecrimrecife #ninho #pedagogiawaldorf #educacaoinfantil #berçário #bercario.

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

E a primavera chegou, filha!
Aprendemos com a pedagogia Waldorf a importância de celebrar as estações do ano e observar as mensagens que elas nos trazem.
Vivenciamos a Páscoa — no outono — através dos olhares curiosos das crianças, com contos e símbolos cheios de significado, nos fazendo refletir sobre morte, vida, transformação e amor.
Depois celebramos a chegada do inverno com a festa da lanterna e a festa junina. Percebemos a introspecção que surge junto com a chuva, a calmaria e a reflexão. O frio e a necessidade de buscar nossa luz interior, de nos aproximar de quem amamos.
Agora estamos nos preparando para celebrar com muita alegria a vitória da luz sobre a escuridão, ou seja, a passagem pelo inverno frio e a chegada da primavera fértil.
Vamos colher flores coloridas e perfumadas e fazer belas coroas para enfeitar os cabelos das nossas crianças!
Vamos comemorar a vida que surge e o amor que se multiplica!
Gabriela Campos, mãe de Mariana do maternal.

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Jardim Alecrim começa a receber bebês em 2017


O Jardim Alecrim Recife está com matrículas abertas para crianças a partir de 9 meses a 6 anos em turmas pela manhã e à tarde. Inspirado na Pedagogia Waldorf, o espaço, localizado em Casa Forte, proporciona à criança pequena uma rotina saudável, assemelhando-se ao ambiente de um lar repleto de calor e segurança. Para 2017, há também a possibilidade de abertura de um berçário. As famílias interessadas devem entrar em contato com a escola.
“Desenvolvemos um trabalho de respeito ao ser criança. Observamos que o incentivo precoce à leitura, escrita e o contato com mídias digitais são comuns em muitos espaços pedagógicos, sendo, no entanto, prejudiciais à saúde do indivíduo que está em processo de maturação do sistema neural e emocional. Priorizamos o brincar livre, o estímulo à fantasia e à imaginação, além do contato com a arte e a natureza”, pontua a fonoaudióloga, pedagoga waldorf, terapeuta familiar sistêmica e fundadora do Jardim Alecrim Recife, Janise Paiva.
Primeiro Setênio
De acordo com a Pedagogia Waldorf, desenvolvida, em 1919, pelo filósofo austríaco Rudolf Steiner, a criança até os sete anos de idade está, principalmente, desenvolvendo seu corpo físico. Por isso, a metodologia proporciona atividades físicas ligadas ao brincar na primeira infância.
“É como se você construísse uma casa começando pelo telhado e esquecesse de firmar a base. Mal a criança aprende a andar, falar e pensar, já está precisando lidar com um monte de símbolos e tarefas desconexas com seus interesses. Ela ainda não está pronta para um código frio, sem vida como linguagem escrita. Precisa crescer, firmar seu corpo, dominar a linguagem oral, fortalecer seu alicerce, para, aí sim, continuar o processo de alfabetização”, afirma.
Janise explica ainda que é preciso dar vasão à curiosidade dos pequenos. “Eles vão querer decifrar os códigos que só adultos e crianças maiores sabem. No mundo existem letras por todos os lugares por onde nossas crianças passam. Quando ela está pronta, madura, ela mesma sente vontade de saber o que significam aqueles símbolos. Ler é como amar, quando estamos prontos acontece “, reforça Janise.
O Jardim Alecrim fica na Rua Jaco Velosino, 101, em Casa Forte, no Recife. AGORA COM NOVO ENDEREÇO.
MAIS INFORMAÇÕES
E-mail: jardimalecrimrecife@gmail.com
Fone: (81) 3071.4247
Sitewww.jardimalecrim.com
FanPage: https://www.facebook.com/Jardim-Alecrim-Recife-272245776182376/?fref=ts

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Matrículas Abertas




O Jardim Alecrim Recife tem como compromisso pedagógico facilitar o desenvolvimento integral da criança, respeitando seu ritmo e necessidades fundamentais.
Em um ambiente que inspira confiança e acolhimento, as crianças compartilham uma alimentação saudável e vivenciam uma rotina repleta de significado e magia.
Por meio de atividades artísticas, do ouvir estórias e do brincar livre, a criança é convidada diariamente a experimentar o mundo, possibilitando o exercício da vontade e da autoconfiança.

Estamos com as portas e janelas abertas, venha nos conhecer!   

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Preparação para o Natal!

No sábado (5), tivemos um mutirão muito especial no Alecrim. Estudamos sobre a origem da árvore de Natal e trabalhamos na construção de algumas bolas repletas de significado: "a maçã, cujo receptáculo da flor tornou carnuda e perfumada, mantendo consistência firme, na Antiguidade assumiu a representação da esfera terrestre, generosa, altruísta, para alimentar outras formas de vida". Vejam mais no artigo que encontramos no site da Weleda:


e onde vem a idéia de enfeitar o pinheiro com luzes e esferas
vermelhas? Como era uma árvore de Natal antigamente? O resgate do significado das tradições é algo fundamental, uma vez que um sentido maior pode ser revivido a cada ano; uma renovação rítmica a cada solstício de inverno no hemisfério norte é comemorada desde os tempos pré-cristãos. O solstício de inverno significa o dia do ano com maior tempo de escuridão e menor tempo de luz, ou seja, dia 23 de dezembro, e desde tempos antigos esse dia foi consagrado como um dia especial, quando a luz interior, uma luz especial deveria ser acesa no interior do ser humano, no dia de menor luz exterior.
Segundo o filósofo Rudolf Steiner (1861- 1925), a árvore de Natal corresponde a uma fusão de duas árvores, ou melhor, de duas famílias botânicas: uma conífera, especialmente o pinheiro, e uma rosácea, especialmente a macieira e a roseira. As coníferas correspondem às árvores mais antigas de nosso planeta. Ainda antes dos dinossauros, no período geológico carbonífero, existiam essas árvores de sementes nuas (as pinhas), literalmente gimnospermas, representando até hoje as árvores de maior longevidade. Exemplos impressionantes são a sequóia californiana, de 3.212 anos, e o Pinus aristata, de 4.600 anos. Essas árvores significam vida, representam a ÁRVORE DA VIDA. As rosáceas, bem mais recentes, já no período terciário dos mamíferos gigantes, correspondem às angiospermas modernas. Essa família se caracteriza, por um lado, pela sua enorme dureza e formação de acúleos e espinhos; por outro, pela sua intensa formação
nas estrelas”, além de ser também um pentagrama.
A maçã, cujo receptáculo da flor tornou carnuda e perfumada, mantendo consistência firme, na Antiguidade assumiu a representação da esfera terrestre, generosa, altruísta, para alimentar outras formas de vida. A macieira representou tanto o desenvolvimento humano que seu nome em latim é Mali, a ÁRVORE DO CONHECIMENTO DO BEM E DO MAL.
Integrar a ÁRVORE DA VIDA com a ÁRVORE DO CONHECIMENTO – eis o significado da ÁRVORE DE NATAL. No início da era cristã, a árvore de Natal recebeu sua orientação final, uma vez que hoje ela parece desorientada nos shopping centers das grandes cidades.
A receita tradicional para montar uma árvore de Natal é: um pinheiro (ou parte dele), 33 maçãs, 33 rosas (30 vermelhas e 3 brancas), 33 velas com seus suportes e os símbolos dos planetas.
Idealmente, ela é enfeitada na véspera, coberta com um véu. Na noite de Natal, o véu é retirado, as 33 velas são acesas na luz apagada e se comemora o Natal à luz de velas.
Um ambiente maravilhoso se cria ao redor dessa árvore cheia de significados. Os 33 frutos das rosáceas e as 33 velas representam os 33 anos de vida de Jesus Cristo, sendo que as três rosas brancas, colocadas no alto da árvore, correspondem aos três últimos anos após o batismo, anos de intenso desenvolvimento humano. Os planetas significam a ponte entre a Terra e o Cosmo.
A modernidade da árvore de Natal se esconde em seu maior significado, ou seja, a busca da integração de um
de néctar nas flores e frutos, revelando uma forte conexão com a Terra e com o Cosmo. Por essa razão e pela estrutura das sépalas, pétalas e sementes na forma de uma estrela de cinco pontas, as rosáceas representam o SER HUMANO. Segundo Steiner, o ser humano é "aquele que possui o pé no chão e a cabeça
estilo de vida que una a VIDA (alimentação, atividade física, vida social, lazer) com o CONHECIMENTO (vida estudantil, vida profissional, responsabilidades) num ritmo que integre o profano e o sagrado a cada dia. FELIZ NATAL!!!
Ricardo Ghelman
Médico Antroposófico e de Família








quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Festa da Primavera 2016

Celebramos no dia 22 de outubro, na escola Aquarela, em Aldeia, a nossa festa da Primavera. Um momento luminoso onde contemplamos com as crianças as flores e cores que enfeitam a natureza e nos vestimos com a beleza que floresce nessa época do ano.
Recebemos os belos cliques do nosso parceiro e pai da escola Lamartiny Santos.





















quinta-feira, 20 de outubro de 2016

A importância do brincar na aprendizagem

“Dize-me como brincas e te direi... como tu és”.


Há algum tempo atuando na clínica psicopedagógica, percebo a necessidade de refletir com os pais, educadores, e outros interessados a importância do brincar na construção do conhecimento. As brincadeiras fazem parte do patrimônio lúdico-cultural, traduzindo valores, costumes, formas de pensamentos e aprendizagens. O brincar fornece à criança a possibilidade de ser um sujeito ativo, construtor do seu próprio conhecimento, alcançando progressivos graus de autonomia frente às estimulações do seu ambiente. É dentro desse contexto, que o lúdico possibilita o falar, o ouvir, a livre escolha, a criatividade, a cura, a transformação...
Na Pedagogia Waldorf, criada pelo filósofo austríaco Rudolf Steiner (1861-1925), o brincar é o principal conteúdo na pré-escola. Desse modo, a criança desde pequena vivencia ricamente a sua imaginação e a fantasia, através das brincadeiras de roda, bonecas de pano, contos de fada, além de pintar, modelar, cantar; dentre outras atividades, que são importantes elementos para a formação das forças criadoras da personalidade. Para Heydebrand (1996),“deveríamos evitar nessa idade toda atividade intelectual; e não-artística, de caráter abstrato e alheia à vida real’’. Por meio do brincar, as crianças exploram o mundo com todos os seus sentidos e desenvolvem as primeiras noções de espaço, tempo, textura, temperatura, forma e consistência. Alguns estudos neurofisiológicos relatam que a formação do cérebro e a ampliação do número de sinapses (conexões nervosas) são estimuladas pelo processo natural de brincar.
Segundo Kishimoto (2000), pesquisadora da USP e autora de diversos livros sobre Jogos e Educação Infantil, “a criança procura o jogo como uma necessidade e não como uma distração... (...) É pelo jogo que a criança se revela. As suas inclinações boas ou más, a sua vocação, as suas habilidades, o seu caráter, tudo que ela traz latente no seu eu em formação, torna-se visível pelo jogo e pelos brinquedos que ela executa”.
Certo dia lendo a revista Veja, psicólogos e educadores discutiam sobre o tema, e achei bem oportuno, algumas questões abordadas por eles. Pesquisas americanas afirmam que as crianças educadas precocemente demonstram menos criatividade e menos entusiasmo pela aprendizagem, ocasionando muitas vezes, stress e depressão infantil. Elas alertam ainda, que as crianças precisam ter mais tempo livre para rir ou mesmo para o ócio, e que brincadeiras simples como caça ao tesouro, desenvolvem mais o raciocínio e podem aprimorar a alfabetização, a matemática e outros tipos de conhecimentos.
Por vivermos numa cultura predominantemente tecnológica, percebemos que a criança está perdendo a sua capacidade original de brincar, e em conseqüência disso observo que muitas das dificuldades de aprendizagens estão associadas a estes fatores, pois segundo Oliveira (2007), “a atividade lúdica revela-se como instrumento facilitador da aprendizagem, possuindo valor educacional intrínseco, criando condições para que a criança explore seus movimentos, manipule materiais diversos, interaja com seus colegas e resolva situações-problema”.
No trabalho psicopedagógico, observo algumas crianças apáticas e desinteressadas que brincam pouco e são muito endurecidas tanto física quanto psiquicamente. Elas apresentam dificuldades em se expressar de forma criativa, e de se reconhecerem autoras de suas produções.  Outras crianças, incansavelmente querem brincar, mas não conseguem, por excesso de tarefas ou pela ausência de conhecimento dos pais sobre o assunto.
Para que o processo de aprendizagem seja real e objetivamente eficaz, é imprescindível ampliar nossos conhecimentos a esse respeito, e esclarecer aos pais, educadores, e pessoas afins, a importância do brincar na sua essência, como fator decisivo para o desenvolvimento humano, e não apenas como mera discussão intelectual, ou como “coisa do passado”.
Convido você leitor a repensar seus conceitos sobre o assunto: O que eu entendo sobre o brincar? Como foi a minha infância? Como é a de meus filhos? E a escola, tem permitido que os professores brinquem?  E os alunos?  O que esperar do futuro, se as crianças hoje entram para a escola precocemente?
É de fundamental importância, tomarmos consciência de que a atividade lúdica é uma necessidade da criança, que propicia o seu desenvolvimento físico-motor, emocional, cognitivo e afetivo. Brincando a criança ordena o mundo à sua volta, assimilando experiências e informações, incorporando atividades e valores. O brincar permite que o aprendiz tenha mais liberdade de pensar e de criar para desenvolver-se plenamente.
Em síntese, brincar é aprender, aprender é brincar (deveria ser, pelo menos)...
É conectar-se com o prazer de ser autor, é tornar-se mais humano...
Escrito por Lílian de Almeida P. B. Sá
Pedagoga e Psicopedagoga
Formação em Pedagogia Waldorf, Arte-Educação e Socioterapia